Projeto Memória Ferroviária no Reino Unido

Em julho passado, 2015, o Prof. Dr. Eduardo Romero de Oliveira (coordenador do PMF) e o Dr. Juan M. Cano Sanchiz (bolsista PD da FAPESP) viajaram ao Reino Unido para desenvolver várias atividades de pesquisa dentro da parceria internacional que o Projeto Memória Ferroviária tem estabelecido com o Ironbridge International Institute for Cultural Heritage (IIICH, Universidade de Birmingham). O programa incluiu visitas técnicas de campo, reuniões para desenhar planos conjuntos de trabalho, levantamento bibliográfico e documental em acervos e participação no evento Trans-Atlantic dialogues on Cultural Heritage.

mf-uk

O programa de visitas técnicas foi desenhado pelo Dr. Roger White (IIICH). Compreendeu vários dos principais museus ferroviários e da história industrial em UK, a avaliação das iniciativas de ativação e recuperação do patrimônio ferroviário britânico (trens turísticos e patrimoniais, gestão e tombamentos, reutilização dos antigos prédios ferroviários, etc.) e a comparação com as práticas desenvolvidas no estado de São Paulo.

Foram visitados alguns antigos complexos e oficinas de construção de locomotivas e outros materiais ferroviários, com destaque para Swindon (Great Western Railway), Derby (North Midland Railway) e Crewe (LNWR / British Rail). Swindon foi um dos principais centros produtores de material ferroviário na Inglaterra. Hoje seus prédios tem sido recuperados para novos usos, incluindo os Arquivos Nacionais de Arqueologia do English Heritage / Historic England e um museu ferroviário (Steam).

O Prof. Eduardo Romero de Oliveira documentando a ativação do patrimônio ferroviário de Swindom

O Prof. Eduardo Romero de Oliveira documentando a ativação do patrimônio ferroviário de Swindom

Foi também visitado o National Railway Museum (NRM, York), que conta com um centro de pesquisa (Institute of Railway Studies) e com o maior arquivo ferroviário do Reino Unido. O acervo do NRM é completo com Locomotive, em Shildon. Além disso, os pesquisadores percorreram o Museum of Science and Industry (MOSI, Manchester), que ocupa alguns prédios vinculados à linha Manchester-Liverpool, um patrimônio de grande relevância na historia ferroviária universal. Os acervos do MOSI incluem um número significativo de locomotivas e materiais ferroviários, com modelos que foram exportados para o Brasil.

Roger White, Eduardo Romero de Oliveira e Juan M. Cano, no MOSI

Roger White, Eduardo Romero de Oliveira e Juan M. Cano, no MOSI

Finalmente, foram visitadas várias linhas ferroviárias que tem sido recuperadas para fins turísticos e patrimoniais: Severn Valley Railway (Midlands), Ffestiniog and Welsh Highland Railway (norte de Gales) e Snowdon Mountain Railway (Llanberis). O objetivo destas visitas foi avaliar a potencialidade do patrimônio ferroviário como recurso e os modelos de gestão em UK, onde têm uma forte participação social.

Experiência feliz no trem turístico de Snowdon Mountain (Gales)

Experiência feliz no trem turístico de Snowdon Mountain, Gales (foto: R. White)

Durante o tempo que os pesquisadores da equipe MF ficaram no Reino Unido aconteceram diversas reuniões de trabalho com os objetivos de desenvolver linhas de pesquisa colaborativa PMF-IIICH; desenhar planos de trabalho para estudantes de intercâmbio vinculados à dita parceria para sua formação nas áreas de Arqueologia Industrial, Patrimônio Industrial e Educação Patrimonial; e conhecer o funcionamento de outras instituições públicas britânicas que trabalham com patrimônio ferroviário.

Em setembro de 2014 o Dr. Roger White já visitou o Brasil (com apoio financeiro da FAPESP) para conhecer os objetos de estudo e metodologias do Projeto Memória Ferroviária, oferecer assessoramento científico e participar de algumas atividades de transferência do conhecimento. Assim, visando atingir os objetivos acima mencionados e dando continuidade as discussões iniciadas com a visita do Roger, foram celebradas várias reuniões de trabalho com a equipe do IIICH (incluindo também ao seu diretor, o Prof. Dr. Mike Robinson) e com pessoal de vários museus e instituições relevantes na área, como o Ironbridge Gorge Museum Trust (Matt Thompson; Shane Keller), o museu Locomotion (Anthony Coulls) e o English Heritage (John Cattell ). As discussões abrangeram um amplo leque de assuntos em relação com os aspectos tratados pelo Projeto Memória Ferroviária, o que permitiu ampliar o olhar da equipe e suas posturas teóricas e práticas de trabalho com patrimônio ferroviário.

Locomotion

Locomotion

Finalmente, as pesquisas MF tiveram representação no evento internacional “Trans-Atlantic dialogues on Cultural Heritage: Heritage, Tourism and Traditions”, organizado pelo IIICH e a Collaborative for Cultural Heritage Management and Policy (Universidade de Illinois, EUA). Durante o evento, que teve lugar em Liverpool, o Prof. Dr. Eduardo Romero de Oliveira apresentou as comunicações “Cultural Routes and Tourism in Brazil: a research about the recognition and touristic planning of Estrada Real (the Royal Road)” (trabalho elaborado junto com a Profa. Dra. Renata Maria Ribeiro, UNESP/Rosana, PMF) e “Theoretical and methodological foundations for a comparative study of Argentina and Brazil: the Quebrada de Humahuaca and the railway line Campinas-Jundiai” (em co-autoria com a Prof. Dra. Mónica Ferraria, Universidade de Tucumán, Argentina, PMF). Por sua vez, o Dr. Juan M. Cano apresentou a comunicação “Back to the factory. Rehabilitation and re-inhabitation of Industrial Heritage sites in Spain and the São Paulo state: a trans-Atlantic approach”. Finalmente, na mesma sessão, que foi dirigida pelo Dr. Matt Thompson, o Dr. Roger White defendeu seu trabalho “The Sum is Greater than the Parts: Reflections on Assembling Railways in Brazil in an Era of Colonial Trade”.

Apresentação do Dr. Juan M. Cano

Apresentação do Dr. Juan M. Cano (foto: J. Davies)

* As atividades e visitas aqui descritas contaram com auxilio financeiro por parte da FAPESP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s