Bolsas e Auxílios da FAPESP sobre Patrimônio Ferroviário: dados e curiosidades

Como já deve ser de conhecimento do leitor, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) é uma agencia de fomento do Governo do Estado de São Paulo. A FAPESP foi responsável pelo financiamento de pesquisa para o Projeto Memória Ferroviária (2009 – 2011 / 2012 – 2014), além das bolsas e auxílios vigentes para pesquisadores e alunos membros.

Em meio às pesquisas para identificação da produção científica sobre tema acabamos levantando uma questão: qual a quantidade de auxílios e bolsas em São Paulo relacionadas ao estudo do patrimônio ferroviário? Para obter estas respostas consultamos a Biblioteca Virtual da FAPESP.

Destacamos alguns dos resultados.

  • [Quantidade] A busca pelo termo “patrimônio ferroviário” retornou um total de 61 auxílios e bolsas cedidas

tabla

  • [Primeira Bolsa] Foi realizada entre 1994 e 1995 na cidade de Bauru. O projeto estava relacionado a um convenio entre a RFFSA e UNESP/FAAC com foco na organização do acervo documental em Bauru
  • [Aumento do Interesse] O número de auxílios concedidos é maior após 2007. Desta forma, supomos que o número de solicitações tenha também aumentado proporcionalmente. O período é marcado, entre outros elementos, pela presença do IPHAN nas discussões para liquidação da antiga RFFSA
Figura1

Figura 1. Gráfico elaborado automaticamente pela Biblioteca Virtual da FAPESP

  • [UNESP] A Universidade Estadual Paulista (UNESP) obteve o maior número de projetos aprovados neste tema, foram 41 entre bolsas e auxílios (68%). Também são docentes da UNESP os pesquisadores com maior número de aprovações como pesquisadores responsáveis, aqui incluídas as orientações de bolsas. O Dr. Eduardo Romero de Oliveira foi responsável em 22 dos projetos aprovados. Entre eles está o próprio Projeto Memória Ferroviária, origem dos demais pedidos de bolsas. Outro auxílio à pesquisa em destaque é o Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (Bauru – KM0), coordenado pelo Dr. Nilson Ghirardello. Este docente foi responsável por 4 aprovações, além de outros pedidos aprovados por pesquisadores desta equipe: Dr. Samir Gomes, 7 aprovações; Dr. Rosio Salcedo, 4 aprovações. Juntos, estes pesquisadores foram responsáveis por mais da metade do total de bolsas e auxílios aprovados pela FAPESP
Figura 2. Bolsas e Auxílios aprovados por Instituição. Elaborado por Ewerton H. de Moraes

Figura 2. Bolsas e Auxílios aprovados por Instituição. Elaborado por Ewerton H. de Moraes

  • [Bauru e o interesse pelo patrimônio ferroviário] A cidade é o local com maior concentração de bolsas e auxílios para pesquisa neste tema, totaliza 19 projetos entre financiamentos concluídos e vigentes. Sem dúvidas este destaque está relacionado ao Projeto Bauru KM 0 e ao Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo, aberto recentemente pela UNESP no Campus de Bauru. Neste curso de mestrado estão alocadas 3 das 7 bolsas de pesquisas FAPESP em vigência
Figura 3. Mapa elaborado automaticamente pela Biblioteca Virtual da FAPESP

Figura 3. Mapa elaborado automaticamente pela Biblioteca Virtual da FAPESP

  • [Rosana no mapa] Diferente dos outros destaques do mapa anterior, cidades de médio e grande porte, Rosana é um pequeno município. Conforme o IBGE possui aproximadamente 20 mil habitantes. A cidade abriga o curso de Turismo da UNESP, campus sede de 9 dos projetos aprovados. Estes números colocam o município como o 2° com maior número de aprovações neste tema
  • [A distribuição geográfica dos beneficiários] Além das cidades já mencionadas, São Paulo aparece na 3° colocação, com um total de 6 bolsas e auxílios aprovados. Em 4° lugar estão empatadas as cidades de Campinas, Presidente Prudente e Assis, cada uma com- 3 aprovações

Quer saber mais sobre os financiamentos sobre este ou outros temas de pesquisa? Confira a página da Biblioteca Virtual da FAPESP.

Levantamento realizado por Ewerton Henrique de Moraes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s