Novas mestras na equipe Memória Ferroviária

Na última segunda-feira, dia 02 de outubro de 2017, Priscila Kamilynn Araújo dos Santos e Rafaela Rogato Rondon Silva, membros do projeto Memória Ferroviária, defenderam suas respectivas teses no auditório da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP em Bauru/SP. Ambas as investigações são financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), a de Priscila através do processo (2015/07596-1) e Rafaela pelo processo (2015/06931-1). Ambas as investigações foram orientadas pelo Prof. Dr. Eduardo Romero de Oliveira (UNESP/Rosana) dentro do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAAC/UNESP.

1

Ms. Priscila Santos, Prof. Dr. Eduardo Oliveira e Ms. Rafaela Silva

Continuar lendo

Anúncios

A preservação do conjunto ferroviário: algumas questões decorrentes das transformações no uso e operação

Na passada segunda-feira, 17 de julho, teve lugar no auditório CCO da Estação CPTM da Brás a sétima palestra do Fórum História e Patrimônio promovido pela CPTM e pelo projeto MF. Dessa vez, as turismólogas (UNESP/Rosana) e mestrandas em Arquitetura e Urbanismo (UNESP/Bauru) Rafaela Silva e Priscila Santos apresentaram seus trabalhos de pesquisa sobre preservação do patrimônio ferroviário, desenvolvidos respectivamente na vila ferroviária de Mairinque e no conjunto Guanabara de Campinas. Ewerton Moraes, também da equipe MF, atuou como moderador e comentarista no evento.

FullSizeRender 2

Continuar lendo

Visita técnica multidisciplinar em Guanabara (Campinas)

Pesquisadores do projeto Memória Ferroviária reuniram-se no dia 18 de julho, 2016, no antigo complexo ferroviário da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro em Guanabara, Campinas-SP. O objetivo da reunião foi testar e aprimorar o novo modelo de trabalho de campo multidisciplinar em desenvolvimento pelo projeto Memória Ferroviária.

1

Continuar lendo